"Adoção - Laços de Amor"


Campanha "Adoção - Laços de Amor" é reforçada com novas parcerias

30 Maio 2016 14:01:12

A Campanha que busca incentivar os processos de adoção tardia, desenvolvida inicialmente pelo MPSC, ALESC, TJSC e OAB/SC, tomou um novo fôlego nesta quarta-feira (25/5) com a entrada de novos parceiros.

MPSC POR CO

Um novo termo de cooperação da campanha "Adoção - Laços de Amor", que tem como objetivo estimular a adoção para reduzir o número de crianças e adolescentes acolhidos em instituições do Estado, foi assinado nesta quarta-feira (25/5), Dia Nacional da Adoção, em solenidade ocorrida na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).

Lançada em 2011 pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC), pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC), a campanha foi reforçada pela inclusão de outros cinco parceiros: Defensoria Pública de Santa Catarina, Federação Catarinense de Municípios (FECAM), Federação de Indústrias do Estado (FIESC), a Secretaria Estadual de Assistência Social, Trabalho e Habitação e Secretaria de Estado da Saúde.

O Procurador-Geral de Justiça Sandro José Neis destacou no evento a importância da atuação conjunta em favor da adoção de crianças e adolescentes. "Hoje demonstramos que é possível tratar este tema de forma articulada. Cada criança e cada adolescente que está em um abrigo poderá ter a oportunidade de ter uma família", disse Neis.

Segundo o termo, cabe ao Ministério Público orientar os Promotores de Justiça com atuação na área da infância e juventude para que priorizem a celeridade nos processos em que há crianças ou adolescentes acolhidos ou de destituição do poder familiar. Além disso, deverão ser efetivadas equipes técnicas compostas por analistas de Assistência Social e de Psicologia em cada uma das mesorregiões de Santa Catarina.

O cumprimento das atribuições estabelecidas a cada órgão será observada pela Diretoria Administrativa e de Tecnologia da ALESC, sob orientação do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CIJ) do MPSC. O termo possui duração de cinco anos.

Fonte: http://www.correiootaciliense.com.br/geral/campanha-ado%C3%A7%C3%A3o-la%C3%A7os-de-amor-%C3%A9-refor%C3%A7ada-com-novas-parcerias-1.1902721

 

Campanha Adoção Laços de Amor filme 1 versão estendida

O casal de professores universitários, Mariah e Fábio Henrique Pereira, já com dois filhos biológicos Victor Hugo e Sophia Iara, adotou em 2005, quatro meninas, entre seis e nove anos de idade. A história é contada pela campanha "Adoção -- Laços de Amor" promovida pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Santa Catarina (OAB/SC) e Tribunal de Justiça. As gravações foram realizadas no Ribeirão da Ilha, em Florianópolis e duraram 12 horas.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=Bu2kgr-eKmk&list=PLB896DDCBDDD86555

 

Campanha Adoção - Laços de Amor filme 2 versão estendida

Nélio e Marli Osaida são casados há 28 anos e têm dois filhos biológicos: Thiago e André, 28 e 25 anos respectivamente. Eles sempre desejaram ter uma menina, e há cerca de 10 anos, optaram pela adoção de Fernanda. As gravações foram no parque Beto Carrero World. Agência: Marcca Comunicação Campanha: Adoção - Laços de Amor Direção: Fabio Fernandes Produção: Cinnema Produções de Filmes

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=dWtU6iW1LTU

 

Campanha Adoção - Laços de Amor filme 3 versão estendida

A aposentada Íria Guterres da Rocha - que tem dois filhos biológicos - conta que nunca havia pensado em adotar. Mas a sua vida teve uma reviravolta quando começou a trabalhar como voluntária no Lar Recanto do Carinho, em Florianópolis. Lá, conheceu Gabriel, na época com dois anos. Como era uma criança com necessidades especiais e que precisava de muita atenção, o trabalho de Íria na instituição foi, aos poucos, se concentrando somente em Gabriel. Até o dia em que ela não conseguiu mais deixá-lo lá.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=WEpBWVtwDtI&list=PLB896DDCBDDD86555&index=3

 

Campanha Adoção - Laços de Amor filme 4 versão estendida

A assistente social Maria de Fátima Fraga Borges, 50 anos, e seu filho adotivo, Gustavo, 15 anos, moradores de Jacinto Machado, conheceram-se em 2008. O menino, então com 11 anos, órfão de pai e mãe, morava há um ano e meio num abrigo em Araranguá. Maria de Fátima realizava um trabalho no local. O encontro deles aconteceu por acaso, no corredor. Bastou uma troca de olhares para surgir o afeto mútuo, que hoje transformou-se numa forte relação mãe-filho.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=72MwBkzJQ5g&list=PLB896DDCBDDD86555&index=4

 

 


Categorias:

Família | Adoção |